Saiba Como Se Dar Bem Nesse Trabalho

Muitos donos esquecem-se de tomar conta das patas e unhas do cão. Não observam com frequencia o teu estado de saúde e não exercem os cuidados preventivos. Mas a saúde das patas é muito considerável. As patas suportam o peso do animal e permitem a tua mobilidade. Sendo assim devem de muita atenção. As almofadas das patas são um alvo respeitável destes cuidados.

As almofadas das patas dos cães permitem amortecimento protegendo os ossos e articulações, isolamento contra condições adversas e protegem os tecidos moles da pata. Não obstante, as almofadas podem sofrer com a ausência de cuidados: facilmente se tornam rachadas e doridas. Com todas essas características, não é de se estranhar que muitas vezes as patas de teu animal de estimação apresentem qualquer tipo de anomalia.

Assim sendo é importante protegê-las. Corte as unhas ao cão: as unhas dos cães domésticos crescem muito rapidamente em razão de não sofrem em tão alto grau desgaste, podendo tornar-se desconfortáveis. Corte as unhas ao teu cão com periodicidade pra impedir estes dificuldades. Mantenha as patas limpas: sujidade e humidade nas patas é um fator primordial pro aparecimento de infeções de pele nas patas. Mantenha a pata limpa e seca, lavando-a com água e sabão ou usando toalhitas de limpeza.

  • 6 dias atrás (02-07-2019)
  • 528 SPF Função desconhecida
  • O passo a passo como construir um canal pelo micro computador e pelo smartphone
  • Whirlpool e Ambev: investimentos conjuntos zoom_out_map
  • 2 – Conhecimento essencial de internet
  • (Frederico Pimentel/Touareg/Divulgação)

Corte os pelos das patas: em raças de pelo médio ou comprido, os pelos das patas conseguem continuar longos e fazer com que o cão escorregue. Com uma tesoura apare os pelos entre as almofadas plantares pra que o cão não escorregue. Evite o contacto com superfícies muito quentes e frias: o Verão e Inverno trazem temperaturas extremas que conseguem causar lesões nas patas do cão. Nestas situações teste a temperatura do chão, reduza o tempo de passeio, tente passear nas horas de temperaturas menos extremas ou coloque protetores nas patas do cão.

Cuide das almofadas plantares: as almofadas plantares do cão estão muito expostas a lesões, com facilidade convertendo-se secas e rachando. Para impedir essas complicações, limpe as almofadas plantares e coloque um hidratante. Poderá visualizar estes cuidados de uma massagem. Esteja ligado a mudanças nas patas: algumas patologias afetam as patas dos cães, desde problemas hormonais a infeções.

Várias vezes, o dono so dará conta se observar regularmente a pata do animal. Locais de passeio: seja cuidadoso com os objetos que existem no ambiente do cão: impeça que existam instrumentos em casa e no jardim que possam lesar as patas do cão. Quando passeia o cão, possibilidade locais limpos e com miúdo traço de encontrar materiais que lesem as patas do cachorro. Se quer saber mais sobre isso como resguardar a saúde das patas do teu cão, continue a ler.

Porque é que preciso de suprimir as unhas aos cães? Precisamos de cortar as unhas aos cães pelo motivo de nas nossas casas o chão é liso e não permite o desgaste da unha. É imprescindível fazer-se um corte. Unhas muito compridas podem ser desconfortáveis para o animal e substituir a sua locomoção.

Em cães com unhas escuras, é custoso acompanhar o sabugo (parcela central com nervos e vasos sanguíneos). Se tem duvidas quanto ao corte das unhas recorra ao serviço de tosquias ou ao seu veterinário. Quando é que é preciso suprimir as unhas aos cães? É vital suprimir as unhas aos cães no momento em que se tornam muito compridas. Se continuarem a crescer tornam-se desconfortáveis e poderão causar lesões nos tecidos adjacentes.

A unha do “polegar” normalmente cresce em espiral e conseguirá entrar a penetrar a pele se não for cortada. As unhas do cão estão compridas no momento em que é possível ouvir o som das unhas a tocar no chão. Também conseguirá avaliar o comprimento da unha olhando para a pata do animal.